Quando as intervenções são necessárias

Das coisas bonitas que vejo em fotos de parto que recebo depois: quando a intervenção, além de amorosa, é oportuna e “salva” o parto.

Temos visto com assustadora frequência bebês mal posicionados (assinclíticos ou defletidos) ou com dificuldade de rotação/descida, em especial no último ano. Para casos assim, exercícios e posturas – quando bem indicados e não aleatórios – ajudam a criar espaço na pelve e melhorar as relações útero-pélvicas para ajudar o bebê a fazer seu trabalho.

Faz-se muito necessário o conhecimento de biomecânica, anatomia e fisiologia do parto, até para que tais intervenções não ocorram só porque sim (nem todo parto precisa!) ou de maneira aleatória e industrial. Intervenções oportunas assim reduzem sobremaneira indicações de cesariana por DCP ou parada de progressão – e eu mesma só tive uma nos últimos 3 anos.

Nas imagens, o bebê precisava “encaixar” (entrar na pelve média/insinuar/encaixar) e a equipe comprimia os quadris para que isso fosse possível e ali se abrisse mais espaço – e assim foi, nasceu lindamente algumas horas depois. 

Foto: @deborasilveirafotografia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress